DEPUTADO FEDERAL CHIQUINHO BRAZÃO QUER QUE FALSIFICAÇÃO DE BEBIDAS SE TORNE CRIME HEDIONDO

DEPUTADO FEDERAL CHIQUINHO BRAZÃO QUER QUE FALSIFICAÇÃO DE BEBIDAS SE TORNE CRIME HEDIONDO

1 de abril de 2020 0 Por admin

Rio de Janeiro, cidade maravilhosa, um dos cartões postais do Brasil. Sempre muito procurada pelos turistas, mas com mais intensidade em eventos como é o caso do Carnaval e Réveillon.

A realidade é que não somente o número de turistas vem crescendo, mas também o número de casos de adulteração de bebidas. Um estudo inédito revelou que de todas as bebidas destiladas que circulam no Brasil, quase 30% são ilícitas.

O impacto para a economia do país chega a R$ 10,2 bilhões de reais, por ano, de acordo com o Instituto Brasileiro da Cachaça (IBRAC).

Que o contrabando, a falsificação ou adulteração de bebidas é crime, nós já sabemos, mesmo assim, o Deputado Federal Chiquinho Brazão – AVANTE / RJ, apresentou o Projeto de Lei 3149/2019 na Câmara dos Deputados propondo uma punição mais rígida, tornando crime hediondo, ou seja, inafiançável, o contrabando, falsificação, corrupção, adulteração ou alteração de bebidas.

“Essas práticas ilegais, esse submundo da clandestinidade não gera emprego formal, jogando as pessoas diretamente na informalidade, causando assim prejuízos significantes à arrecadação de impostos no país Esse é o principal impacto. O segundo, é do ponto de vista sanitário e da saúde. São produtos que não têm nenhuma garantia de qualidade para o consumidor.”, afirma o Deputado.